Lá fora o sol transborda o dia de luz,
os pássaros enchem o ar de cantos,
meus ouvidos esta algazarra seduz,
feliz diante da vida e seus encantos.

Lá fora o vento sussurra pela brisa,
canções de amor e as rosas embala,
com carinho imperceptível ele alisa,
pétalas e flores e a natureza se cala.

Lá fora a Lua chegando o dia se vai,
noite silente aos poucos tudo abraça,
a Lua tal descanção ao dia que esvai,
serve o vinho da quietude com graça.

Lá fora som e algazarra da criançada,
fecho os olhos uma lagrima teimosa,
escorrendo na minha face enrugada,
me avisa do meu fim nesta nebulosa.

Ermindo Gomes Rocio


descanção: aquele que, em festa ou reunião, serve bebidas aos convidados.





HOME


Created and Designed by Vilgata
Melhor visualizado na resolução 1024x768