Você se foi, minha vida desmoronou,
O tempo parou e a vida passou...
as lembranças ficaram, escondidas...
a mágoa acabou, e as lágrimas secaram
nos olhos, retidas.

A noite eu derramava
o orvalho como pranto, escondido... 
e na dor  que não passava,
a lua foi testemunha garanto,
de todo pranto vertido.

Assim minha vida parou,
meu ninho o vento soprou,esmoreci...
a árvore sem luz, sem calor, tronco enfraquecido,
nesta aridez secou.
No horizonte me perdi.

De repente tudo mudou,
o  sol voltou a brilhar no céu...
ave migratória retornou,
nos meus galhos aninhou,
e lá amanheceu.

Meu coração disparou,
batendo no peito machucado, descompassado...
Ela voltou! Venha  ave volúvel...
aqui está quem te esperou,
fique, esqueça o sonho alado,
amo-te! e por ti quero ser amado.
A Vida Retornou, revivi...
 

Ermindo Gomes Rocio



ERMINDO GOMES ROCIO - VOLTAR

Criação de Páginas